Fórum de RPG sobrenatural.
 
InícioInício  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 10 de setembro - Noite

Ir em baixo 
AutorMensagem
Isão Dracus

avatar

Mensagens : 18
Data de inscrição : 16/03/2017

MensagemAssunto: 10 de setembro - Noite   Sab Jun 02, 2018 11:51 am


Despedida
"And all the wounds that are ever gonna scar me
For all the ghosts that are never gonna"


COMEÇA AQUI


Cheguei em casa da família e guardei o carro! Troquei de roupa e me sentei no sofá pensando no que fazer, eu precisava me afastar por algum tempo, me recuperar. Peguei meu celular e mandei uma mensagem a Charlotte explicando que precisava me ausentar e que Ryu iria me substituir. Ela me disse para tomar o tempo necessário.

Liguei para o meu irmão no seu trabalho, que me atendeu alegremente como sempre então eu disse:

- Irmão preciso conversar, mas não por telefone! Te aguardo na biblioteca em casa.

Meu irmão disse que estaria lá, seu tom já preocupado. Tem horas que me pergunto se realmente nós 4 não temos o mesmo sangue, a ligação é muito forte!

Desliguei o telefone, arrumei uma mochila grande com as minhas coisas, após a conversa com Ryu eu iria partir. Tranquei meu quarto, e parti para o hall onde deixei a mochila e caminhei pelos corredores até parar na grande porta dupla de madeira esculpida a mão e entrei.

A biblioteca, era onde nós os irmãos costumávamos passar a maior parte do nosso tempo enquanto estamos juntos. O amor por livros e pergaminhos, ganho quando ainda éramos jovens monges e protegemos nossos escritos como se fossem nosso maior tesouro.

A sala não era só algo, repleta de milhares de prateleiras e livros, foi construído para ser um lugar relaxante, tinha uma linda lareira a gás e poltronas confortáveis para se aquecer na frente dela enquanto nos perdimos nos diversos mundos e em diversas histórias em que páginas simples nos levavam. Também do outro lado da área aberta da sala havia sido construído um belo bar.

Caminhei em direção a mesa com bebidas e servi para mim dois dedos de whisky irlandês, e tomei um gole esperando que a ardência da bebida, tirasse um pouco do gelo que parecia ter penetrado nos meus ossos.

Com o resto da minha bebida, caminhei até as poltronas e liguei o fogo, tomando meu lugar comecei a procurar na mente memórias felizes, e afastei da mente os eventos desta noite.

Muitas imagens vieram imediatamente, bons tempos passados ao lado de meus irmão e principalmente dos meus amados sobrinhos.

Seria muito difícil sair sem me despedir deles, mas tenho certeza que me perdoaram, logo depois de me darem um sermão por ter feito o pai deles de professor. Já posso imaginar seus resmungos e suas caras quando Ryu aparecer no instituto para dar aulas.

Estava sorrindo sozinho, quando ouvi as portas atrás de mim sendo abertas. O cheiro de menta e fumaça entrou nos meus pulmões e relaxei imediatamente.

Minha família está aqui.

- Boa noite irmão, espero não ter interrompido algo importante.


Falou: Ryu; Citou: irmãos e sobrinhos; vestindo: isso
Thanks Maay From TPO.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryu Dracus

avatar

Mensagens : 8
Data de inscrição : 04/02/2017

MensagemAssunto: Re: 10 de setembro - Noite   Sab Jul 28, 2018 8:34 pm

Ryu Dracus
O papai do ano e o dragão fodão!
Muitas pessoas poderiam me chamar de workaholic, porque em um sábado a noite eu estou preso no escritório, ao invés de estar em casa descansando, ou até mesmo me divertindo por aí, mas tendo em mente que eu sou um Elder, presidente de uma empresa, sem contar que pai e dois adolescentes que preferem ficar no fim de semana na escola explorando sua nova aventura, ao invés de estar com seu velho, eu diria que trabalho é o que tem para mim no momento, isto até, eu receber uma ligação enigmática do meu irmão me dizendo que precisava falar comigo.

Fechei os olhos e me concentrei na ligação que permite que eu saiba como meus irmãos e filhos estão se sentindo, dom que nenhum dos meus irmão sabia que eu tinha, e que parecia ter sido dado somente a mim.

Eu podia sentir que meus outros irmãos estavam se sentindo bem e meus filhos estavam felizes, mas Isão estava angustiado com alguma coisa, até mesmo triste.

Meu dragão se agitou dentro de mim, já nervoso e pronto para sair e proteger aqueles que ama, e pude sentir meus olhos mudando brevemente, antes que eu pudesse controlar a fera, e me acalmasse o suficiente para sair do escritório.

Senti meu estômago apertado de preocupação, enquanto corria para fora do escritório, e chamava um táxi, já que estava muito nervoso para  dirigir e voar estava fora de cogitação.

A viagem para casa foi rápida, mas conversa fiada do taxista não ajudou em nada minha ansiedade.

Ao chegar na mansão, paguei o taxista e corri para a porta da casa, onde ignorei todo o resto e fui direto para a biblioteca, onde podia sentir a presença de Ryu.

Parei em frente as portas fechadas, e respirei fundo, colocando meu controle no lugar, me preparando para qualquer coisa que possa ter acontecido.

Tomando coragem, abri as portas e entrei, sendo atingido em cheio pelo cheiro de chuva fresca, o cheiro característico de Isão.

- Irmão preciso conversar, mas não por telefone! Te aguardo na biblioteca em casa.

Caminhei até a poltrona onde ele estava, tomando whisky e toquei seu ombro em conforto.

- Nada é mais importante do que minha família, meu irmão, mas não, sua ligação só me fez um grande favor, me tirando de trás daquelas pilhas de relatórios.

Sentei na poltrona em frente a sua, e olhei seu rosto. A angústia vindo dele me atingiu, quase me fazendo perder de vez o controle do dragão. Doeu em mim que meu irmão estava sofrendo. Me inclinei para frente. colocando meus cotovelos nos joelhos e firmando meus olhos nos dele.

- Fale comigo Isão, o que está errado?.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Isão Dracus

avatar

Mensagens : 18
Data de inscrição : 16/03/2017

MensagemAssunto: Re: 10 de setembro - Noite   Seg Jul 30, 2018 3:34 am


Despedida
"And all the wounds that are ever gonna scar me
For all the ghosts that are never gonna"


Ryu estava na sala e se aproximava, seu andar estava cauteloso o que me dizia que estava preocupado, ele caminhou até mim e tocou meu ombro:

Citação :
- Nada é mais importante do que minha família, meu irmão, mas não, sua ligação só me fez um grande favor, me tirando de trás daquelas pilhas de relatórios.

Meu irmão deu a volta e olhou para o meu rosto, não sei porque mas pude ver seu dragão lutando para sair, e o dragão vermelho também não era o único, meu dragão azul estava triste e ao mesmo tempo bravo comigo pela minha escolha, ele aranhava e me mordia por dentro querendo castigar-me, então meu irmão me trouxe de volta a realidade:

Citação :
- Fale comigo Isão, o que está errado?.

Olhei para meu irmão, poderia passar a noite ali e ele iria ouvir, Ryu não só assumiu o papel de irmão mais velho, mas como o de pai também. Sempre vigiando e protegendo a família de perto, desde a época do mosteiro. Eu teria dó de quem ousasse nos ferir, dos quatro Ryu era o maior dragão.

Olhei para meu irmão:

- Irmão, serei breve! Acho que se lembra do resgate que fiz de uma menina, a que descobrimos depois ser uma shifter raposa, Yumi. A menina que criei. Tenho algo para te contar e não quero que me julgue.

Ryu se encostou na poltrona. Respirei fundo e comecei:

- Assumi a responsabilidade de cria-la e quando completou 15 anos como você já sabe eu a trouxe para o Instituto. Meu carinho era paterno, mas Yumi foi crescendo e se tornando uma linda mulher. Me apaixonei Ryu!

Respirei fundo:

- Me achei um doente por isso e quando Yumi terminou o período escolar dei graças ao Destino por ela está indo embora e ao mesmo tempo morria um pedaço de mim.

Meu peito ardia:

- Nunca fui atrás dela, tinha medo do que eu pudesse encontrar. Poderia me ferir, assim segui a vida. Mas talvez devo ter feito algo de errado porque o Destino quis me castigar. Reencontrei Yumi, ela estava linda. Mesmo com receio tomei coragem e a chamei para jantar essa noite, ela aceitou.

Ao me lembrar, as lágrimas vieram:

- Reservei a melhor mesa no bistrô, estava tudo perfeito. Não sei irmão, acho que sou feito para ser sozinho! (sorri um sorriso sem graça) Contei a Yumi sobre meus sentimentos e ela deu a entender que sentia o mesmo mas que ela não poderia ficar comigo, dito isso ela fugiu de mim.

As lágrimas caíram:

- Fiquei sozinho no restaurante irmão, a comida já não tinha o mesmo sabor, o vinho estava amargo e o lugar perdeu a beleza.
Fiquei um tempo calado e então olhei para o meu irmão:
- Sou tão ruim assim?

Talvez a pergunta tenha sido mais para mim do que para o Ryu.

- Irmão, preciso ir e me afastar. Mas realmente não sei se voltarei.
Vi a dor cruzar os olhos de Ryu, já era ruim ter os outros irmãos longe e o único o qual ele podia manter os olhos estava partindo, eu sabia que ele iria me direcionar, mas não aceitaria um ir embora para sempre.

Olhei para meu irmão em desespero:

- Ajude-me irmão! Não sei o que fazer!!



Falou: Ryu; Citou: irmãos e Yumi; vestindo: isso
Thanks Maay From TPO.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryu Dracus

avatar

Mensagens : 8
Data de inscrição : 04/02/2017

MensagemAssunto: Re: 10 de setembro - Noite   Ter Out 09, 2018 6:35 pm

Ryu Dracus
O papai do ano e o dragão fodão!

O instinto de proteção, foi algo que eu sempre tive, desde que me lembro como gente, por assim dizer. Ainda me lembro de sempre me colocar em brigas com os órfãos maiores para proteger os pequenos, quando ainda era uma criança na China. Esses instinto de proteção somente se intensificou ao decorrer dos milênios, ainda mais quando se trata da minha família.

Eu destruiria o mundo, se isso significasse que meus irmãos e filhos estariam seguros, e sempre a felicidade deles vinham em primeiro lugar para mim.

Como se a angústia de Isão fosse a minha, eu podia senti-la, e parecia doer mais, porque eu odiava ver meu irmão com dor.

Com um nó na garganta, e medo no meu coração, pedi para que Isão falasse comigo,  e me dissesse o que havia de errado, mas nunca nos meus milhares de anos, eu podia prever o motivo do desalento do meu irmão.

Fiquei furioso que meu irmão pensasse que iremos julgá-lo por quem ele amava, mas fiquei quieto pois queria que ele concluísse a história. No fim a raiva passou e até entendi seu ponto, mesmo assim não conseguia deixar de me sentir rasgado pelo sofrimento do meu irmão.

Meu irmão, um dragão guerreiro orgulhoso, tinha caído por uma mulher, e infelizmente, ele não foi correspondido. Eu não podia fingir entender o que era se sentir assim, mas se a dor vinda dele me dizia algo, era que me mantivesse longe de mulheres.

Isão escreveu:
- Sou tão ruim assim?

Tomei a frente e segurei sua mão.

- Nunca diga isso, você é uma das melhores pessoas que eu conheço e eu não vou deixar ninguém falar ao contrário, nem mesmo você!

Falei com força, deixando claro para ele que aquilo não estava em discussão.

Isão escreveu:
- Irmão, preciso ir e me afastar. Mas realmente não sei se voltarei.

Eu não queria meu irmão longe, eu precisava dele, já era difícil suficiente que os outros dois estivessem longe, mas se distancia era o que ele precisava, ele teria. Antes que eu pudesse expressar minha opinião ele continuou:

Isão escreveu:
- Ajude-me irmão! Não sei o que fazer!!.

Suspirei. - Eu posso te dizer, o quanto eu sinto muito por isso estar acontecendo com você e que você esteja sofrendo, mas Isão, eu não posso te dizer o que fazer. Eu não tenho experiência com o amor, a não ser o que tenho por vocês e meus filhos. Mas se ajuda, eu digo para você fazer o que seu coração mandar, mesmo que me doa te ver partindo. Eu só quero que saiba que estaremos aqui para você, quando voltar, porque eu tenho que ter fé no Destino que você vai.

Me levantei e o coloquei de pé o abraçando firme.

- Eu te amo irmão, e vou apoiar qualquer decisão que tomar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: 10 de setembro - Noite   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
10 de setembro - Noite
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Capítulo 2 - Uma Noite na Taverna
» [Evento Especial] Sign do Mês - Setembro/Outubro - Regras
» Uma noite frustrada
» Em busca de Respostas para a deusa da Noite - Missão para Silena
» Script Dia e Noite "O Mais Procurado" (RMXP)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Sons Of Destiny :: Mansão Dracus :: Biblioteca-
Ir para: