Fórum de RPG sobrenatural.
 
InícioInício  CalendárioCalendário  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 03 de setembro - Noite de Boas Vindas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Aimee Lionhart

avatar

Mensagens : 8
Data de inscrição : 16/03/2017

MensagemAssunto: 03 de setembro - Noite de Boas Vindas   Qua Maio 31, 2017 7:17 pm



CACHOEIRA SHADOW FALL
Dia 03 de setembro - Pequena aventura


festa particular... ou quase

- Vamos é por aqui... - disse indicando um caminho estreito pela direito, saindo da multidão que cantava, dançava e bebia, e sorrateiramente saindo de perto da fogueira para o caminho da cachoeira!

Conforme nós caminhávamos, nos afastando da festa de boas vindas, o barulho da festa ia ficando lá para trás, e o silêncio tomava conta de tudo. Existiam alguns archotes ainda pelo caminho, que indicavam a passagem, e acendiam quando a noite caia. Tudo pela segurança dos alunos. Meus novos amigos me seguiam, e eu me dei conta que era a autora dessa pequena contravençãozinha. Esperava que não acontecesse nada demais, apenas pudéssemos aproveitar a vista da cachoeira nessa linda noite de volta ao instituto.

- Vem gente, aqui... - Indicava nova direção, passando por um estreito espaço da floresta, abrindo o espaço pelo caminho, afastando os galhos de algumas árvores.

- E então, eu sou shifter, já estou no instituto tem alguns pequenos anos... e vocês? - Seria uma boa hora de saber a natureza dos meus amigos aventureiros? - Não se acanhem, é normal esse tipo de pergunta por aqui. - falei quebrando o breve silêncio que só era quebrado pelos galhos secos que quebravam pelos nossos pés conforme avançávamos...

Em meio a conversa que começou a surgir sobre nossas naturezas, já era possível ouvir algo... sim, a cachoeira estava muito próxima. Meu sorriso se abriu novamente, respirando fundo era possível sentir a brisa bater em nosso rosto, e o cheiro da água.


falou com:Elizabeth, Nikolai, Mike, Bonnie ▴ local: Cachoeira ▴ começa: aqui ▴ veste: issonão se acanhemeditável
Thanks Maay From TPO.


Última edição por Aimee Lionhart em Dom Nov 26, 2017 9:27 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Elizabeth Brown

avatar

Mensagens : 21
Data de inscrição : 04/02/2017

MensagemAssunto: Re: 03 de setembro - Noite de Boas Vindas   Qui Jun 08, 2017 11:36 am


Aimee escreveu:
- Vamos é por aqui... Vem gente, aqui...

Aimee ia nos guiando pelo caminho. Apesar de estar escuro, eu me sentia bem naquele ambiente da floresta. Foi basicamente como cresci, então já começava a me sentir em casa.

Ia andando com cuidado ao lado de Mike. De vem em quando olhava pra ele, meio de lado e baixava a cabeça sorrindo. Nikolai e Bonnie também nos acompanhavam. Eu andava com cuidado, pois apesar de me sentir à vontade, não conhecia bem o terreno, e a ideia era que nos divertíssemos na cachoeira, sem nos machucar. Apesar de ser tudo muito novo, simplesmente confiei em Aimee para guiar nosso caminho.

Além disso, eu sentia a umidade no ar, o cheiro da água molhando as pedras, plantas e terra, a água é meu elemento favorito.

Aimee escreveu:
- E então, eu sou shifter, já estou no instituto tem alguns pequenos anos... e vocês?


- Bom, você já deve ter notado que sou Fae né.. as orelhas pontudas entregam...tudo bem que não são tão pontudas assim, já que sou meio-humana também... Aimee, como é a vida no instituto? E a cachoeira, o que há de especial nela? Eu já posso sentir que há algo de muito especial, mas ainda não sei o que é... - Me animei em conversar. Respondi sorrindo, pois nunca tive problemas de falar sobre mim, mesmo com a minha timidez.


___________
Falou com Mike, Nikolai, Aimee e Bonnie | Está feliz da vida e já começa a considerar todos seus amigos.| Se sentindo em casa, como se estivesse prestes a recarregar as energias.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bonnie Morrigan

avatar

Mensagens : 8
Data de inscrição : 28/04/2017

MensagemAssunto: Re: 03 de setembro - Noite de Boas Vindas   Sex Jun 09, 2017 9:48 am

Boo Morrigan





Quando Niko me chamou para me juntar ao grupinho que ele tinha conhecido, por alguns minutos eu fiquei um pouco enciumada...tá eu confesso eu fiquei MUITO enciumada, mas consegui controlar a onda e não demonstrar nenhuma emoção, afinal em um lugar com tantos Faes nos tornávamos quase transparentes.

Aimée liderou o caminho, afinal ela era a mais velha no acampamento e conhecia o lugar. Conforme seguíamos pelas trilhas, os archotes eram magicamente acesos e eu sentia o fogo me energizar, eu não hesitei em brincar com algumas tochas enquanto passava por ela, transformando o fogo em formas diversas, eu ainda não conseguia fazer muitas coisas com o fogo, sabia que eu ia aprender muito ali no instituto.

Estávamos já próximo quando Aimee falou que era Shifter, mas ela não falou qual era sua forma animal o que me deixou um tanto curiosa. -    No que você se transforma?  - perguntei sem resistir a curiosidade.  A garota que eu havia se apresentado como Elizabeth também era uma Fae. - Eu também sou Fae, meu elemento é o fogo. -

Tínhamos feito uma caminhada de longos minutos quando finalmente chegamos ao local, senti o ar deixar meus pulmões de tamanha surpresa, eu sabia que a cachoeira era linda, mas ela era esplêndida e era possível sentir algo poderoso nela. Eu não fui a única a sentir, pois Liz também sentiu e perguntou para Aimee, eu resolvi contar sobre as lendas que eu tinha ouvido.

-    Muitas lendas cercam esse. A lenda que eu mais gosto é de que a própria Morte havia se sentado no alto de uma grande rocha e chorado por mil noites ao perder seu grande amor, e suas lagrimas deram origem a cachoeira, e que  o casal que se beijasse na cachoeira seria abençoado pela morte. Não preciso nem dizer que pelos boatos que já ouvi ali é o lugar favorito dos casais de namorados ne? - Ao dizer isso eu não resisti e olhei para Nikolai, ele estava me olhando e por isso fiquei sem graça e resolvi contar outra lenda que eu já ouvi. -      Há também a lenda de que na verdade a cachoeira foi criada pela Vida e que sua agua tem o poder de cura...mas se alguém entrar nessas aguas e sua alma fosse marcada pelas escuridão, você vai ser puxado para o fundo e nunca mais voltaria a superfície...A única coisa que é certa em todas as lendas dizem que quando o sol encontra a lua no crepúsculo é possível ver sombras na queda da cachoeira, dizem que são as irmãs Vida e a Morte dançando e que quem as vê é abençoado. E vocês conhecem alguma lenda?  -

Eu fiquei mais alguns minutos contemplando o lugar e olhando na direção da queda d’agua para ver se via alguma sombra, mas não tivesse sucesso. Eu apenas sentia uma vontade absurda de mergulhar, olha que nem estávamos em uma noite quente, mas era como se todo meu ser desejasse se refrescar naquelas aguas. Então não resistindo mais eu me levantei e puxei minha blusa para cima da cabeça, ficando apenas de sutiã roxo com renda preta. -   Eu não sei vocês...mas eu estou sentindo a água me chamar.    - rapidamente baixei meu jeans e fiquei apenas de calcinha que por sorte era um shortinho preto, por isso não fiquei constrangida na frente dos garotos, ah e convenhamos sou eu...não fico constrangida tão facilmente, apenas um garoto tinha o dom de me fazer corar e eu não olhei pra ele pra não arriscar.

Eu tinha quase certeza que era proibido mergulhar ali a noite, mas eu não resisti. Então sem pensar duas vezes eu corri em direção as aguas escuras iluminadas pela lua e archotes e me joguei, sumindo por alguns segundos  na escuridão das aguas geladas.

CONGELANTE!!! Agora eu entendo porque parecia que você era julgado nessas aguas, era tão gelado que era como se o frio penetrasse a alma. Eu voltei para a superfície e arquejei. -  E ai quem vem?     - perguntei provocando meus novos colegas.  

♦ Falou: Niko, Aimee, Elizabeth e Mike ♦  Vestida assim
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nikolai Coleman

avatar

Mensagens : 6
Data de inscrição : 28/03/2017

MensagemAssunto: Re: 03 de setembro - Noite de Boas Vindas   Sex Jun 09, 2017 11:36 am



Nikolai Coleman

NOT MY RESPONSIBILITY


Eu estava animado sobre ir a cachoeira devido as diversas lendas que circulava o lugar.
Eu era um grande fã dessas histórias e sempre li e estudei tudo o que pude referente a elas, mas eu nunca tive a chance de ir ali antes que iniciasse o colégio. Tudo bem que as coisas não estariam acontecendo como eu tinha imaginado, pois na minha versão estaríamos somente eu e minha Boo.

A caminho da cachoeira ouvi a menina Aimeé muita animada perguntando de que raça éramos. Enquanto a menina que mais cedo explicava como ela era Fae, perguntava como era a vida no instituto e que sentia algo especial na cachoeira, eu observava Boo brincar com o fogo das tochas acesas no caminho. Eu amava seus truques.

- Eu sou um lobisomem nascido, e eu sinto o que você está falando Elizabeth, parece um lugar poderoso.

Quando chegamos a cachoeira nada pode ser dito tamanho era a beleza daquele lugar.

Abraçando a cintura de Boo e a puxando para mim, eu ouvi quando minha pequena começou a falar sobre as lendas mais populares sobre a cachoeira. Eu conhecia aquelas palavras de cor e salteado e era um tanto fanático por elas.

Olhando para a bela queda de água, eu podia realmente imaginar ali o lindo anjo negro que se contava ser a aparência da morte em várias histórias, sentada na maior rocha chorando sua perda. Era um lugar poderoso.

Após minha pequena terminar de contas as lendas ela contemplou o lugar em silêncio, enquanto eu absorvia de perto a beleza dela. Eu costumava fazer muito isso. Observar ela sem que ela soubesse era minha coisa favorita, mesmo que isso me fizesse parecer um stalker.

O silêncio de Boo foi quebrado quando ela se afastou de mim e começou a tirar a roupa. Ela disse que a água estava à chamando, o que para mim não foi nenhuma surpresa. Já estava me perguntando quanto tempo demoraria para ela fazer algo do tipo.

- Lógico que está te chamando BooBoo. Quando o assunto é aprontar, as coisas sempre chamam por você.

Ela tirou tudo ficando só com uma calcinha estilo shorts e um sutiã roxo e preto. Eu engoli em seco. Saber o que ela faria, não tirava o impacto que tinha em minhas calças toda vez que a via de biquíni.

Antes que eu pudesse me envergonhar gozando nas calças, vi que Boo pegou um impulso e pulou na água.

Meu coração parou uma batida, mas ela logo veio a superfície nos perguntando com um sorriso sapeca que iria.

- Espera por mim!

Tirei minhas roupas ficando somente com a boxer que eu usava. Peguei também velocidade e pulei na água, caindo poucos metros de onde Bonnie flutuava.

Por de baixo d’água nadei até onde ela estava e me ergui ficando atrás dela. Não a abracei imediatamente, pois uma ideia um tanto maldosa se instalou em minha mente.

Boonie me mataria, mas ela me perdoaria no final.

- Ei vocês não vem também?... Ô merda... Alguma coisa segurou meu pé... socor...

Nadei para longe de Boo fingindo ser arrastado e tomando uma longa e profunda respiração antes de afundar minha cabeça e nadar até atrás da queda da cachoeira.

Sim Boo e os outros definitivamente me matariam.



Falou com: Mike, Elizabeth, Aimeé e Bonniexxx Babando na Boo, ainda. xxx Vestido: Boxer
♣♣♣
Voltar ao Topo Ir em baixo
Elizabeth Brown

avatar

Mensagens : 21
Data de inscrição : 04/02/2017

MensagemAssunto: Re: 03 de setembro - Noite de Boas Vindas   Seg Jun 19, 2017 12:17 pm


Estávamos bem próximos da cachoeira. Eu podia sentir a energia da água bem próxima de nós. Meu elemento mais querido é a água então a sensação era de estar perto de casa. Afinal cresci ao lado de uma cachoeira. Eu sabia que existia algo de especiao neste local, então perguntei ao grupo se alguém conhecia as lendas dali. Enquanto eu caminhava afastando delicadamente galhos e folhas do caminho, ouvia a menina de cabelo rosa, Bonnie, contar as lendas que conhecia. Isto só fez com que eu ficasse mais facinada pelo local.

Instintivamente dei uma olhada em Mike quando ela falou sobre a cois de namorados e se beijar naquele local. Então percebi que eu definitivamente tinha um problema, afinal acabei de conhecer esse menino e é bem possível que eu só esteja fantasiando coisas na minha cabeça. Balancei a cabeça tentando afastr aqueles pensamentos, quando fi Bonnie se animando para entrar na água.

A água provavelmente estaria gelada, de acordo com minhas experiências com cachoeiras, mas como fae que ama as águas como eu poderia resistir?

Bonnie escreveu:
-  E ai quem vem?


- Eu vou!

Comecei a tirar meu casaco, meui tímida, afinal não estava de biquini, quando tudo aconteceu muito rápido. O amigo de Bonnie, Nikolai entrou com toda a velocidade na água. Bastante imprudente da parte dele, afinal tem pedras na cachoeira e ele poderia se machucar feio.

Nikolai escreveu:
-  Ei vocês não vem também?... Ô merda... Alguma coisa segurou meu pé... socor...
 

- Meu Deus! Nikolai! - Um arrepio tomou conta do meu corpo, uma adrenalina forte. Eu estava tirando um dos meus sapatos quando ele gritou. E sem perceber, com tudo que havia acontecido eu fiquei com um pé descalso e outro com sapato.

Eu precisava ajudar. Por sorte o meu elemento é a água então, eu estava segura de que conseguiria salvá-lo. Me concentrei o máximo que pude, por mais facíl que queria aquilo para mim. Mas eu precisava salvar o garoto. Me concentrei e fiz um gesto com as mãos tentando afastar as águas na altura de onde ele havia sumido para achá-lo. Comandei a água que se afastasse e... nada. Nada aconteceu. Olhei incrédula para as minhas mãos. O que estava acontecendo?

Me concentrei com mais intensidade e seriedade. Não podia deixar o medo me derrotar. Tentei de novo com o gesto das mãos e nada. A água simplesmente não obedecia. Fiquei frustrada. Comecei a me desesperar sem saber o que fazer olhando para as minhas mãos. Se eu não fizesse nada ele poderia morrer. Então fiz o que meu instindo mandou. Tirei o outro sapato e me joguei na água de roupa mesmo, nada importava, mas eu não ia deixar que álguem morresse logo no primeiro dia de instituto. Poxa, são meus novos amigos afinal.

Com a adrenalina no máximo nadei e afundei minha cabeça procurando por ele. Conseguia enxergar claramente debaixo dágua apesar de estar escuro e de noite. Vasculhei a área onde ele havia sumido e nada. Levantei minha cabeça para pegar ar e gritei para os outros.

- Não consigo vê-lo! Vou tentar denovo. - e afundei novamente e aumentei minha área de busca. O meu medo era que ele tivesse afundado onde a água da cachoeira cai. Esse ponto da cachoeira é o mais profundo de todos, e seria fácil alguém simplesmente desaparecer ali.

Subi mais uma vez para pegar ar perto da queda da cachoeira e afundei de novo rezando para a Vida e o Destino que me ajudassem a salvar Nikolai e sair ilesa disso tudo. Tomei coragem e sem muito tempo para pensar mergulhei mais fundo. A força da queda d'água poderia me empurar para o fundo e eu poderia simplesmente não voltar mais. Mas fui assim mesmo, com fé que Vida fosse me auxiliar e que essa não teria sido a primeira e última vez que vi Mike, nem a última vez que falei com meus amigos, e nem a última vez que vi meu pai.

Foi quando, debaixo das águas, consegui enxergar as pernas de Nikolai que flutuava tranquilamente atrás da queda da cachoeira. Como se tivesse escondido, sabe? Uma fúria tomou conta de mim. Segurando o ar, nadei até perto dele e emergi do lado dele tomando o fôlego e já falando.

- Você não foi puxado coisa nenhuma, não foi?? Tudo não passou de uma pegadinha, não é?? - Eu estava muito revoltada! E odiava me sentir assim. - Você tem noção do que fez? Você poderia ter afundado pra sempre na queda da cachoeira! As pessoas estão assustadas! Vamos voltar agora!



___________
Falou com Nikolai Bonnie, Mike e Aimee. Está muito irritada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nikolai Coleman

avatar

Mensagens : 6
Data de inscrição : 28/03/2017

MensagemAssunto: Re: 03 de setembro - Noite de Boas Vindas   Seg Jul 03, 2017 11:36 am



Nikolai Coleman

NOT MY RESPONSIBILITY



Eu estava me divertindo atrás da queda d’água da cachoeira. Eles estariam malucos de medo com o que eu tinha aprontado.

O barulho da queda era muito alto, quase impossível de se ouvir qualquer coisa, mas com minha audição aguçada pelo meu lado lobisomem pude ouvir alguém pulando na água, e em seguida a voz da menina Elizabeth dizendo que não conseguia me ver e que iria tentar de novo.

Meu coração começou a acelerar porque não estava ouvindo um pio vindo da minha menina Boonie.

Preocupado com minha menina quase perdi quando Elizabeth saiu do mesmo lado da queda d’água que eu já me chamando atenção pela brincadeira sem graça, dizendo como eu poderia ter facilmente morrido na queda da cachoeira.

- Relaxa. Além de ser um lobisomem sou um atleta muito forte. É quase impossível que essa queda iria me machucar. Eu tenho noção disso não me arriscaria assim senão tivesse certeza da minha capacidade.

Sem querer discutir, pulei de novo na água e nadei através da queda com facilidade voltando para o lado de fora.

Assim que emergi, dei de cara com rostos assombrados com o medo.

- Relaxa gente, foi só uma brincadeira.

Foi quando a vi, que realmente doeu meu coração. Uma Boo muito pálida e com lágrimas nos olhos, olhava quase em hipnose para a queda d’agua. Ela está muito próxima de lá.

Nadei para a frente dela abraçando o corpo dela com o meu.

Levantei seu queixo para olhar nos olhos dela, e me arrependi duramente de ter feito aquilo quando vi o quanto a tinha ferido.

- Ei Booboo, desculpe foi só uma brincadeira, não vou te deixar.

Não sei o que me deu naquele momento, mas tinha que provar que eu estava ali, assim colei meus lábios no dela.


Falou com: Mike, Elizabeth, Aimeé e Bonniexxx Arrependido. xxx Vestido: Boxer
♣♣♣
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mike Dreyer

avatar

Mensagens : 13
Data de inscrição : 30/03/2017

MensagemAssunto: Re: 03 de setembro - Noite de Boas Vindas   Qui Jul 13, 2017 10:42 am

Mike Dreyer




Tínhamos ido até a cachoeira e naquele momento falamos um pouco sobre nos, nos apresentando. Quando chegou minha vez eu fui bem sucinto pois senão começaria a divagar – Bem, eu sou meio Bruxo por lado de pai e meio Fae por lado de mãe, tenho uma irmã mais velha chamada Kate, e um gato velho e gordo chamado Garfield.

Quando chegamos a cachoeira a garota com cabelo rosa começou a falar sobre as lendas que cercavam o local, eu como cresci entre o mundo mágico eu sabia bem que era provável ser tudo verdade. Quando eu era pequeno minha avó contava histórias de que meu avô foi salvo na guerra humana pela própria vida. Ele tinha sido voluntário na guerra e foi baleado enquanto ele estava ajudando a salvar os sobreviventes de um vilarejo, mesmo baleado ele voltou ao vilarejo mais algumas vezes para levar os sobreviventes ate os helicópteros, quando ele salvou o último ele caiu inconsciente devido a perda de sangue, o médico do regimento disse que ele já não tinha pulso , mas naqueles minutos de inconsciência meu avô disse que viu um anjo de asas brancas tomada em luz dourada e acolhedora, ela soprou no rosto dele lentamente e naquele exato instante o coração dele voltou a bater e ele pode ser levado com vida até o posto de atendimento. Então, óbvio que eu acredito na vida, pois minha mãe nasceu 1 ano após ele voltar para casa.


Eu tinha ficado perdido nessa história quando eu ouvi o barulho de agua e espirros de agua voou para todo o lado. Foi quando eu percebi que Bonnie e Nikolai tinham se jogado na cachoeira. Caraca eles estavam só de roupa de baixo? E eu achando que o pessoal só viria ate aqui olhar a cachoeira. Uau!


Eu ja estava abrindo o botão da minha camisa quando ouvi um grito de Bonnie, foi quando percebi que Nikolai tinha sido puxado para baixo e Elizabeth novamente já estava agindo e usando seus dons para procurar por Niko, ela realmente tinha um dom para ajudar as pessoas. Porém novamente ela mostrava que seu altruísmo não media as consequências, pois quando ela não conseguiu acessar seus poderes, sem pensar ela se jogou na agua para poder ajudar.

-  LIZZIE!!! - eu gritei quando ela desapareceu na agua com o medo crescente. O tempo parecia que parou e eu congelei com o medo de que algo poderia acontecer com eles, que algo poderia acontecer com Elizabeth sem que eu tivesse a chance de conhece-la melhor. -- Precisamos fazer alguma coisa - eu falei naquele momento olhando para as pessoas que tinham ido conosco, mas Boonie parecia em choque.

Os segundos pareciam horas e os minutos uma eternidade, eu já tinha tirado parte das minhas roupas para poder me jogar na agua, acredite eu já li sobre primeiro resgate e sei que roupas pesadas pela agua atrapalham em um resgate....quando ouvi um barulho estourar na superficie, Lizzie e Nikolai estavam de volta e ambos pareciam bem. Niko disse para relaxarmos que era uma brincadeira, vi a expressão de Lizzie e ela não parecia achar aquilo uma brincadeira, nem Boo, e nem nós que ficamos para trás.

Eu corri até Lizzie e a ajudei a sair da agua estendendo minha mão direita e a puxando para fora da margem do lago, eu a trouxe para perto de mim e a senti tremendo de frio, eu peguei minha camisa que estava caída no chão e passei em torno do ombro dela   -  Você está bem?        - eu esfreguei os ombros dela e sem pensar duas vezes a puxei para mim em um abraço tentando aquece-la .

Eu virei então para Nikolai -  Cara, isso não foi legal, as garotas ficaram assustadas e Lizzie se arriscou para te ajudar.     -

O clima estava tenso e pesado, mas tinhamos ido ali para nos divertir e nos conhecermos melhor, por isso tentei ameninar as coisas dizendo -    OK gente, já passou...o que acham de fazermos uma fogueira? alguém tem dom de fogo ou tem um isqueiro?       -

[INFORMAÇÕES]
Onde: NA CACHOEIRA
Quem: LIZZIE, AIMEE, BONNIE, NIKOLAI
       
 


Voltar ao Topo Ir em baixo
Elizabeth Brown

avatar

Mensagens : 21
Data de inscrição : 04/02/2017

MensagemAssunto: Re: 03 de setembro - Noite de Boas Vindas   Dom Jul 16, 2017 4:46 pm


Tudo estava indo perfeitamente bem naquela noite quando decidimos ir passear na cachoeira por ideia da Aimee. Amo cachoeiras e não podia estar mais feliz. Bonnie decidiu entrar na água que foi logo seguida de Nikolai. Só que Nikolai foi puxado para o fundo o que me fez tentar ajudar imediatamente.

Mike escreveu:
-  LIZZIE!!!


Foi a única coisa que ouvi quando pulei na água. A voz de Mike parecia assustada, mas ao mesmo tempo que me aqueceu, aquilo encheu meu coração de coragem. Mas foi tudo muito rápido. Fiquei assustada e deseperada por não estar achando o menino que foi puxado. Seria muita falta de sorte que algo horrível assim acontecesse logo no primeiro dia nosso no instituto e com certeza todos ficariam traumatizados.

Mas tudo o que eu fazia era segur meus instintos e salvar o garoto. Que no fim das contas só estava pregando uma peça em todos nós. Que raiva que eu senti! Me senti uma imbecil ainda por cima, quando ele me disse das incríveis capacidades dele de lobisomen como se isso salvasse alguém de águas fortes. Ele definitivamente não sabe do que está falando.

Quando saí da água ele estava lá dizendo que era só uma brincadeira. Mas eu estava revoltada! Não se brinca assim. Minha expressão estava fechada quando saí da água, e eu, definitivamente estava com frio. Mas só me dei conta disso quando Mike veio correndo até mim me ajudando a sair da margem do lago. Eu estava muito chateada com aquilo tudo, mas a gentileza de Mike foi algo que não passou desapercebido.

Quando ele colocou a camisa dele sobre os meus ombros, eu tremia de frio. Ele me perguntou se eu estava bem e eu, tremendo, olhando nos olhos dele, fiz que sim com a cabeça. Ele então me puxou para um abraço para me aquecer e eu não pude evitar de me aninhar nos braços dele. Além de lindo, educado, gentil, Mike ainda era cheiroso. Sou louca ou ele é um verdadeiro príncipe?

Mike escreveu:
-  Cara, isso não foi legal, as garotas ficaram assustadas e Lizzie se arriscou para te ajudar.


A essa altura, o abraço de Mike já havia me acalmado. E ouvi-lo me protegendo me deixou feliz de uma forma que não sei explicar. Ainda aninhada nos braços dele, tremendo bem menos de frio, já poderia falar sem bater o queixo e de maneira mais calma, sem expressar raiva.

- Por mais que você seja lobisomen e atleta treinado como me falou quando eu te achei, você precisa se lembrar que águas podem ser traiçoeiras. Principalmente as águas desta cachoeira. Todos sabemos as lendas que a envolvem, e toda lenda tem um fundo de verdade...

Não queria dar lição de moral nem nada, mas o fato é que ele errou feio com essa brincadeira. Não sei bem o que ele esstava tentando conseguir com isso tudo, mas foi bem estúpido.

Mike escreveu:
-    OK gente, já passou...o que acham de fazermos uma fogueira? alguém tem dom de fogo ou tem um isqueiro?


Mike tinha razão, não adiantava ficar remoendo isso, e uma fogueira pra nos aquecer iria cair bem. Olhei para Mike e abri um sorriso.


- Bem, tem razão...Uma fogueira cairia bem. Bonnie, você consegue nos ajudar com isso? - lembrei que Bonnie tinha dito que o elemento dela era o fogo. Eu não sou muito boa com fogo, o meu elemento é a água.

___________
Falou com Nikolai Bonnie, Mike e Aimee. Está mais calma, aproveitando o abfraço de Mike
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bonnie Morrigan

avatar

Mensagens : 8
Data de inscrição : 28/04/2017

MensagemAssunto: Re: 03 de setembro - Noite de Boas Vindas   Qui Jul 20, 2017 1:57 pm

Boo Morrigan



Eu olhava para a queda da cachoeira em choque e implorei tanto para a Morte quanto para a Vida para elas não o tirarem de mim. Eu não percebi, mas meu corpo tremia inteiramente e não era de frio e lágrimas escorriam em meu rosto.

Eu ouvi a voz de Nikolai como se estivesse muito distante, então senti as mãos dele em meu ombro me abraçando, era um sonho? ou ele era uma sombra agora? e em seguida os labios dele foram colados aos meus. E meu corpo todo

Eu olhava para a queda da cachoeira em choque e implorei tanto para a Morte quanto para a Vida para elas não o tirarem de mim. Eu não percebi, mas meu corpo tremia inteiramente e não era de frio e lagrimas escorriam em meu rosto.

Eu ouvi a voz de Nikolai como se estivesse muito distante, então senti as mãos dele em meu ombro me abraçando, era um sonho? ou ele era uma sombra agora? Mas em seguida senti os lábios dele colados aos meus e eu fui traga de volta a realidade, era real, ele estava ali comigo e estava me beijando. Meu corpo todo se arrepiou e senti um frio no estomago, mas nada tinha a ver com a agua gelada da cachoeira.

Quando me dei conta de que era real, que estava acontecendo, Eu o abracei pelo pescoço o abraçando bem forte, e me entreguei aquele beijo de forma desesperada. Eu já tinha imaginado mil vezes como seria beija-lo, mas aquele momento estava sendo mil vezes mais intenso, principalmente pois eu achava que tinha o perdido para sempre. Eu o beijei de forma intensa e desesperada, um beijo sôfrego, mas com o passar dos segundos e  meu desespero se acalmou e os pensamentos clarearam, eu me dei conta da brincadeira que ele tinha feito. Tinha sido apenas uma brincadeira, mas por alguns segundos eu achei que tinha perdido meu mundo. Então eu o afastei de mim o empurrando e batendo em seu peito – SEU IDIOTA!  - foi somente nesse momento que eu senti as lagrimas rolando em meu rosto – VOCE QUASE ME MATOU DE SUSTO! – eu continuei batendo nele mais algumas vezes, mas olhar para ele me desarmava e pelo DESTINO ele tinha acabado de me beijar! Eu o fitei e então a mão parou no peito dele sentindo as batidas do seu coração e eu disse com sinceridade – NUNCA mais me assuste assim, eu não posso perder você. Pois da próxima vez um beijo não vai livrar sua cara – e ao dizer isso eu desfiz a distância entre nós e pousei um selinho em seus lábios, mesmo sabendo tudo o que aquele gesto implicava, como nossa amizade poderia ser afetada, mas falaríamos disso depois, afinal eu poderia estar achando que tinha mais coisas nisso do que realmente era, um beijo não provava que Nikolai sentia as mesmas coisas que eu.

Então voltamos a realidade de que não estávamos sozinhos quando ouvi a voz de Elizabeth me chamando pedindo para dar uma ajudinha com uma fogueira, Olhei para eles que já estavam na margem da cachoeira e assenti. Empurrei Niko para longe no melhor estilo morde e assopra e então sai em direção da margem – Claro, só não garanto que não vou botar fogo no meu melhor amigo idiota. – disse olhando para trás e mostrando língua para ele. Sai da agua e olhando para Elizabeth disse num sussurro como em um segredo de meninas – Garotos, tão imaturos.  -

Sai da agua e peguei minha roupa que tinha ficado na grama e me vesti rapidamente, pois estava tremendo muito.

- E então meninos, vocês podem ir buscar alguns gravetos enquanto eu e as meninas confabulamos?

♦ Falou: Niko, Aimee, Elizabeth e Mike ♦  Vestida assim
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nikolai Coleman

avatar

Mensagens : 6
Data de inscrição : 28/03/2017

MensagemAssunto: Re: 03 de setembro - Noite de Boas Vindas   Qua Ago 16, 2017 5:49 pm



Nikolai Coleman

NOT MY RESPONSIBILITY



Eu tinha deixado todos os meus neurônios do outro lado da cachoeira, por isso assim que vi os olhos preocupados e perdidos da minha Boo, a abracei e beijei seus lábios, algo que poderia destruir a ligação que tínhamos desde criança.

Eu esperava um tapa na cara assim que meus lábios tocaram o dela, mas não foi o que aconteceu. Ela se agarrou a mim como se sua vida dependesse disso e retribuiu com paixão e desespero o meu beijo. Eu esqueci quem eu era com o sabor da boca de minha menina, que era milhares de vezes mais doces do que eu havia imaginado.

Apertei ela mais junto ao meu corpo tentando tirar com meu amor, o medo que exalava dela. Mas cedo demais ela separou os lábios do meu e ela começou a bater em meu peito e a brigar comigo por ser um idiota.

Ela batia e gritava para eu nunca mais fazer esse tipo de coisa, que ela não podia me perder e que da próxima vez um beijo não iria livrar minha cara.

Espera… ela acha que eu só a beijei para que pudesse livrar minha cara? Senti meu coração murchar um pouco naquele momento, com o choque meus braços se afrouxaram e ela conseguiu se afastar de mim saindo da água e se juntando com os outros que resmungavam sobre a brincadeira.

Depois de alguns segundos, consegui de volta o controle de meus membros e segui todos para fora da água, onde discutiam sobre acender o fogo. Boo se afirmou que faria, só que não garantia colocar fogo em mim.

Na verdade, ela disse melhor amigo, e eu não soube se ficava feliz sabendo que ela não me odiava após a brincadeira e o beijo, ou se ficava triste por nosso beijo não ter significado nada para ela.

Meus pensamentos conflituosos foram cortados novamente por Boo que nos pediu para pegar alguns gravetos para acender a fogueira.

- Claro BooBoo, o que você quiser.

Eu sorri mas senti que não foi sincero, rapidamente antes que ela pudesse olhar nos meus olhos, desviei o rosto e ainda com a cabeça baixa, chamei atenção do Mike, ainda sem levantar o rosto.

- Vamos cara?

Eu comecei a vestir minhas roupas de novo e logo peguei meu casaco e coloquei sobre os ombros da minha menina para aquecê-la, ainda sem olhar em seus olhos. Antes que eu pudesse fazer o meu caminho para uma trilha ali, um alto e estrondoso crocitar de um corvo quebrou o silêncio da floresta, assustando a todos nós.

- Que merda é essa?

Eu estava paralisado, tentando sentir o perigo a minha volta e quase perdendo o controle sobre mim. Tudo que eu e meu lado selvagem queríamos era pegar nossa Boo e dar o fora dali.



Falou com: Mike, Elizabeth, Aimeé e Bonniexxx Arrependido. xxx Vestido: Boxer
♣♣♣
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bonnie Morrigan

avatar

Mensagens : 8
Data de inscrição : 28/04/2017

MensagemAssunto: Re: 03 de setembro - Noite de Boas Vindas   Sab Set 09, 2017 2:21 pm

Boo Morrigan


Verdade seja dita, eu ainda estava em choque por conta do susto que Nikolai havia me dado e ao mesmo tempo perceber e assumir para mim mesma que eu realmente o amava, que não era apenas uma confusão de sentimentos, mas sim que eu realmente o amava. E então para em seguida ser beijada por ele, acredite minhas emoções estavam em uma montanha russa e era quase impossível segurar a onda, para que ninguém fosse influenciado por toda a euforia que eu estava sentindo. Porém quando a voz de Mike e de Liz, eu fui traga de volta a realidade e tentei disfarçar pois não sabia o que dizer ou como agir naquele momento, então o que eu fiz? O afastei ralhando  para ele nunca mais me assustar assim, e confessei que não poderia perde-lo e que da próxima vez um beijo não iria livrar a cara dele.

Não sei o que aconteceu pois quando Niko se afastou, ele estava sorrindo forçado, acredite eu conheço aquele sorriso forçado pois já o vi dando varias vezes, era um sorriso de dentes cerrados e então ele se afastou com Mike para irem buscar lenha para que eu pudesse acender uma fogueira.

Me aproximando de Liz eu a fitei e perguntei em um sussurro  –  O que fazer quando está apaixonada pelo seu melhor amigo?  - eu confessei baixo, eu sei que eu mal a conhecia, mas eu não poderia perguntar isso para meu único melhor amigo, já que ele é o motivo da pergunta, e ela como uma garota talvez poderia me ajudar. Eu esperava que sim.

Enquanto eu a fitava e esperava os garotos, ouvimos um crocitar de um corvo, mas era um som tão assustador e triste que me assustou.  – Nossa...isso foi tão horripilante   - eu comentei e então percebi que tudo parecia silencioso demais, como se todo o som da floresta tivesse desaparecido  e isso não era um bom sinal. Meus pais sempre alertaram sobre quando a floresta se cala é porque um grande predador está por perto, sei que naquele momento era para se manter calada e procurar um lugar seguro, mas não consegui, e antes que eu pudesse pensar com clareza eu gritei  – NIKO?!!!- eu chamei alto antes dele entrar na trilha e ao mesmo tempo segurei a mão de Elizabeth.  Eu então corri com ela até onde os garotos tinham seguido – Temos que sair daqui, agora! -



♦ Falou: Niko, Aimee, Elizabeth e Mike ♦  Vestida assim
Voltar ao Topo Ir em baixo
Aimee Lionhart

avatar

Mensagens : 8
Data de inscrição : 16/03/2017

MensagemAssunto: Re: 03 de setembro - Noite de Boas Vindas   Sab Set 16, 2017 9:54 am


festa particular... ou quase

A festa na fogueira estava ótima, porém Aimee tinha que encontrar por mais aventura e diversão. Com isso a garota juntou alguns amigos e juntos foram para a cachoeira de Shadow Fall. Não foi fácil chegar até lá, durante a noite, mas Aimee seguia seus instintos, e também o fato de já saber o caminho ajudou o grupo a encontrar o lugar. Tudo parecia mágico, até mesmo a noite e o suspense no ar. A cachoeira tinha uma fama que a antecedia. Os que não conheciam ficaram deslumbrados. Logo o pessoal começou a se jogar na água. Estava uma noite agradável e com certeza a água muito gelada, mas não tinha como entrar naquela vibração de alegria e aventura. Niko aprontou com o grupo, fazendo de conta que estava preso a algo, o que causou um alvoroço onde todos se dispuseram a ajudar. Quando descobriram ser brincadeira do garoto, principalmente as meninas quase acabaram com ele, afinal era noite, eles não estavam ali com permissão, e se algo acontecesse. Bem, Aimee não queria pensar nisso, então se juntos as meninas a falar coisas, dando broncas no rapaz.

Uma vez apaziguado o clima, Mike deu a idéia de fazer uma fogueira. Isso chamaria a atenção dos monitores e professores, mas Aimee não pensou duas vezes e logo concordou. A idéia era os garotos buscarem gravetos e as meninas escolherem um lugar ali para montarem a fogueira. Nesse curto intervalo de tempo foi possível ouvir em algo e bom som um crocitar de um corvo, o que causou arrepio dos pés à cabeça.

- Talvez seja melhor nos voltarmos. - antes que qualquer coisa de ruim realmente acontecesse. Eles já tinham se divertido bastante. Aimee levantou esperou as meninas se juntarem e o grupo correu até os garotos. Boonie falou que eles deveriam sair dali naquele momento. Aimee concordou e chamou o grupo para pegarem o caminho de volta ao acampamento.

- Vamos!


falou com:Elizabeth, Nikolai, Mike, Bonnie ▴ local: Cachoeira ▴ veste: issoeditávelparticipação da Aimee nessa ação finalizada
Thanks Maay From TPO.


Última edição por Aimee Lionhart em Dom Nov 26, 2017 9:30 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Elizabeth Brown

avatar

Mensagens : 21
Data de inscrição : 04/02/2017

MensagemAssunto: Re: 03 de setembro - Noite de Boas Vindas   Sex Set 22, 2017 11:49 am


O abraço de Mike não só me aqueceu como me acalmou muito. Era como se ali eu tivesse encontrado algo reconfortante e familiar. Algo que me traz uma segurança absurda, como voltar pra casa, entende?

Ele sugeriu fazermos uma fogueira, pois estavamos tremendo de frio, então eu perguntei a Bonnie se ela podia ajudar com isso, já que o elemenro dela era o fogo. Percebi que ela também não estava nada contente com a atitude do amigo dela, e meio que fez uma "piada" de colocar fogo nele. Ela tinha razão, os garotos podem ser bem imaturos. Sorri para ela demonstrando cumplicidade. Ela sugeriu que eles fossem então pegar os gravetos e quando eles se afastaram ela me confessou estar apaixonada por Niko.

Bonnie escreveu:
- O que fazer quando está apaixonada pelo seu melhor amigo?

Meu olhos brilharam e eu sorri novamente. Quer dizer então que ela estava mesmo apaixonada pelo melhor amigo dela, como eu já havia sentido no ar, e aquele beijo que ele deu nela foi importante para ela. O que ela parecia não enxergar era que foi importante para ele também.
- Ah Bonnie.. eu não entendo muito dessas coisas, pois acho que só agora começo a sentir algo por alguém mas... eu lembro o quanto meus pais se amavam e os olhares que trocavam apaixonados e até a implicância. E eu vejo o mesmo entre você e o Niko. Acho que melhores amigos também podem se amar, né? - falei refletindo e lembrando com carinho do amor dos meus pais.- É, acho que vocês deveriam se dar uma chance. - falei com convicção.

Foi quando ouvimos um som horripilate e triste de um corvo. Algo ameaçador e ao mesmo tempo um lamento, se é que isso é possível. Bonnie gritou por Niko e eu assustada gritei por Mike.
Ela me pegou pela mão e corremos até os garotos.
Olhei para Mike assustada.
- Concordo, melhor irmos...

___________
Falou com Nikolai, Bonnie, Mike e Aimee. Está apreensiva.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Narrador
Admin


Mensagens : 6
Data de inscrição : 31/01/2017

MensagemAssunto: Re: 03 de setembro - Noite de Boas Vindas   Qui Set 28, 2017 11:53 am



A noite que começou como qualquer outra, estava prestes a terminar de forma que ninguém imaginava.

Um silêncio sepulcral se instalou na floresta, anunciando a presença de algo de outro mundo ali.

Um crocitar de um corvo soou na noite, trazendo notícias, talvez boas, talvez más, mas o mais importante foi que o barulho agourento do animal, fez com que os jovens ali na cachoeira ficassem em alerta.

O cheiro de medo ali permeava o ar, e se houvesse alguém predador ali naquele momento, estaria sendo atraído até lái, como uma mariposa é atraída para a chama, mas as defesas do acampamento, e o mais dedicado de todos os funcionários, estava ali para a proteção dos jovens.

O toque de recolher já tinha há muito passado, e havia um enorme risco de que em sua saída eles cruzarem a barreira do acampamento, os deixando desprotegidos, assim enquanto todos se reuniam para fazer uma fuga apressada, um corvo pousou no galho de uma árvore próxima, e do meio da floresta apareceu um guarda, assustando os jovens que estavam prontos para sair correndo dali.



- Crianças, o toque de recolher soou a uma hora atrás.

Os jovens permaneceram calados, tanto aliviados, tanto ainda assustados. Então o guarda sorriu tentando aliviar o clima, mas logo percebeu a direção em que os garotos iam e ficou sério novamente.

- Vocês estão indo na direção errada. Vou levá-los de volta.

Apontando para a direção em se deveriam seguir, os garotos começaram a caminhar em silêncio, ainda agarrados um ao outro, e o silêncio só foi quebrado, quando o guarda atrás deles falou de novo.

- A propósito, eu sou Ernie, guarda aqui a muitos anos. Caso estejam perdidos na floresta, é só gritar meu nome… Estou sempre por perto.

Após algum tempo de caminhada, eles se encontraram no campo de dormitórios, e quando olharam para trás para agradecer o homem que os havia levado até ali em segurança, tudo o que seus olhos puderam pegar foi um corvo voando para longe.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Mike Dreyer

avatar

Mensagens : 13
Data de inscrição : 30/03/2017

MensagemAssunto: Re: 03 de setembro - Noite de Boas Vindas   Qui Set 28, 2017 5:15 pm

Mike Dreyer





Depois de dissipar a tensão do susto que Nikolai havia dado em nós, afinal tinha sido apenas uma brincadeira, não tinha porque ficarmos de cara viradas, afinal tínhamos acabado de nos conhecer e a intenção era aproveitar para nos conhecermos melhor, foi então que sugeri fazermos uma fogueira, assim Lizziew poderia se esquentar ja que estava com as roupas molhadas, e teríamos uma iluminação melhor do que as tochas que levamos. Para ficar perfeito só faltaria os marshmallows.

Nikolai e eu mal tinhamos entrado na trilha quando ouvimos um som horrível, era como o crucitar de um corvo, mas muito muito sinistro cara! Logo em seguida, antes que eu pudesse abrir minha boca para responder Niko, ouvi Boo gritando por ele e em seguida ouvi Elizabeth gritando por mim. Eu olhei para Niko e nós dois nem pensamos, simplesmente corremos de volta para onde tinhamos deixado as garotas.  

Corri até Liz de forma instintiva, eu sei que tinha a conhecido a poucas horas, mas simplesmente foi o que fiz.  Acabamos nos encontrando no meio do caminho, segurei a mão de Liz e perguntei -     Você está bem?   o que  - ...antes de formular a pergunta, ouvi uma voz atrás de nós e me virei ficando na frente de Liz.  Confesso que nesse momento eu quase gritei como uma mulherzinha, afinal ele não estava ali dois segundos atrás.

Quando me virei vi um homem não muitos anos mais velho usando uma farda de guarda-florestal que anunciou que o toque de recolher já tinha soado uma hora atrás.   -     Ah....a...oi, ja estamos indo.      - falei rapidamente, tudo que não precisávamos era uma bronca e uma reunião com a diretora sobre as regras que eu nem tinha lido no folheto de boas-vindas, ainda.

Eu coloquei a mão sobre as costas de Liz para conduzi-la, mas o guarda disse que estávamos na direção errada e então iria nos levar. Achei melhor não contraria-lo, afinal não queria que a gente se perdesse na floresta. Ele então se apresentou como Ernie, e disse que era guarda a muitos anos e que quando estivessemos perdido na floresta, podiamos chamá-lo.   -     Muito prazer Ernie, eu sou Mike, essa é a Lizzie, e esses são o Nikolai, Boonie, e Aimee . Ficamos curiosos para conhecer a cachoeira, mas perdemos a hora, prometo que isso não vai acontecer de novo.    - falei justificando e torcendo para que ele fosse legal e não nos dedurasse.

Seguimos o restante do trajeto em silencio e então quando chegamos na área dos prédios dos dormitórios eu virei para agradecer Ernie,mas ele não estava mais ali.   -    Ué, cadê ele?      - perguntei coçando a nuca.   -     Sinistro esse cara hein? aparece e some do nada.      -


Então me virei para Lizzie   -    Em qual predio é seu dormitorio? Se quiser posso te acompanhar.       - e então para a minha surpresa, ela estava no predio Diamante, o mesmo que o meu, somente em andares diferentes. Eu me despedi dos demais e então a acompanhei até o predio, e até a porta do dormitorio 06. Eu queria ficar e conversar com ela por mais tempo, queria saber muito mais sobre ela, mas como Ernie já tinha dito, o toque de recolher já tinha passado há bastante tempo e eu não queria colocá-la em encrencas, já basta eu que  vivia encrencado.   -    Foi um prazer te conhecer...uma pena que o passeio não tenha sido mais divertido quanto imaginamos, mas acho que podemos fazer isso outro dia... dentro do horário claro.       - e então antes que eu ficasse mais atrapalhado e desistisse, eu beijei o rosto dela rapidamente e disse   -  Boa noite Lizzie.        - e então com um sorriso e aceno, me afastei voltando para o elevador que me levaria para o meu andar.


[INFORMAÇÕES]
Quem: LIZZIE, AIMEE, BONNIE, NIKOLAI
xXxX FINALIZADO xXxX
       
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Elizabeth Brown

avatar

Mensagens : 21
Data de inscrição : 04/02/2017

MensagemAssunto: Re: 03 de setembro - Noite de Boas Vindas   Qui Set 28, 2017 5:46 pm

Depois daquele crocitar horripilante, até esqueci que ainda estava com as roupas molhadas e com frio. O que fizemos foi correr para achar os meninos para sairmos rápido dali. Mas, subitamente, quando aquele guarda apareceu do nada, senti um frio na espinha e todos os pelos do meu corpo se arrepiaram. De olhos arregalados observei aquele homem no mínimo estranho que se apresentou como Ernie. Mike estava à minha frente como se tentasse me proteger.

Não consegui dizer nada. Tudo que fiz foi observar o guarda e a sensação de que ele era sobrenatural como nós não me saía da cabeça por nada. Ele nos acompanhou de volta a nossos dormitórios, o que, de certa forma, mostrava que ele era quem dizia ser. Trabalhava por ali e conhecia todo o local, provavelmente cuidava da segurança dos alunos, não é?

Se era isso mesmo que ele fazia, o fazia de forma muito horripilates aparecendo e sumindo assim como em um passe de mágica. Teria ele relação com aquele corvo que ouvimos na floresta? E esse que voava para longe agora que Ernie desapareceu, é o mesmo corvo? Mais um arrepio. Mike o achou sinistro também e eu só pude concordar. Nem notei que tocava o braço de Mike quando observava o corvo voar pra longe, e quando percebi o que fazia meu rosto corou. Ainda bem que estava escuro, acho que não deu pra ninguém perceber.

Mike escreveu:
-    Em qual predio é seu dormitorio? Se quiser posso te acompanhar.  


- É no prédio Diamante... - respondi timidamente concordando a ideia de ele me acompanhar, abri um sorriso.- Poxa, obrigada...

Mike escreveu:
-    Foi um prazer te conhecer...uma pena que o passeio não tenha sido mais divertido quanto imaginamos, mas acho que podemos fazer isso outro dia... dentro do horário claro.  


- O prazer foi todo meu. - respondi com sinceridade e um brilho nos olhos - Eu.. eu vou adorar - sorriso amplo e olhos brilhando. Me sentindo uma tola sem saber me comportar.

E então ele me deu um beijo no rosto. Onde ele beijou eu senti um calor aquecendo todo o resto, quase que como mágica. Enquanto ele se afastava se despedindo, levei a mão ao local do beijo e sorri para ele esperando ele entrar no elevador e a porta deste se fechar. Foi somente quando entrei no apartamento que me serviria de casa pelos proximos meses que me toquei que ainda trazia comigo sobre os ombros a camisa de botão que Mike me emprestou para me aquecer. Sorri. Sonhadora, tomei um banho e fui direto para cama. Entregaria a camisa para Mike depois. Pode não ter sido o passeio mais tranquilo do mundo, mas certamente foi um dia feliz. Afinal fiz varios amigos, de quebra ganhei um beijo no rosto de um cara muito legal que parece um príncipe.

___________
Falou com Nikolai, Bonnie, Mike e Aimee. Feliz.
Finalizado!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Destino
Admin
avatar

Mensagens : 58
Data de inscrição : 04/09/2016

MensagemAssunto: Re: 03 de setembro - Noite de Boas Vindas   Qui Nov 09, 2017 7:29 pm



xxx Ação Finalizada xxx


Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.filhosdodestino.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: 03 de setembro - Noite de Boas Vindas   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
03 de setembro - Noite de Boas Vindas
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Dicas e Boas-Vindas aos Recém-Chegados
» Baile de Boas-Vindas
» Baile de Boas-Vindas (14/07)
» Copa Hoenn - Terceira Fase: Luta H9
» BOM DIA , BOA TARDE & BOA NOITE !

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Sons Of Destiny :: Cachoeira Shadow Fall-
Ir para: